Conexão Tocantins Araguaína

Estado

05/05/2011 - Redação

Os prefeitos de Pedro Afonso, José Júlio Chagas, o Julhão (PMDB), de Bom Jesus do Tocantins, Jairton Castro da Silva (DEM) e de Tupirama, Orlei Brito Alves (PMDB) voltam a reunir-se nesta quinta-feira, 05, para aprovar o Protocolo de Intenções que cria o Consórcio Intermunicipal para Gestão de Resíduos Sólidos, que vai cuidar da destinação do lixo e atende aos três municípios da região. A reunião será na Sala de Reuniões da prefeitura de Pedro Afonso.

A criação do consórcio tem a orientação dos técnicos da Secretaria das Cidades e do Desenvolvimento Urbano, que acompanham passo a passo todo o processo. O assessor da secretaria Cosmo Fernando Pinto elogia a iniciativa do prefeito e o processo de articulação que conta com a participação dos gestores, representantes da sociedade civil e diretores da multinacional Bunge S.A., a qual possui empreendimento na região e tem interesse em ajudar os municípios no tratamento do lixo.

Na última reunião, realizada no dia 25 de abril, ficou acertado que o Consórcio será administrado por um colegiado local, constituído por representantes das três comunidades, de forma paritária, envolvendo o poder público e sociedade civil organizada. Foi sugerido ainda que o Conselho Deliberativo seja composto pelos prefeitos e o presidente tenha mandato definido e com gestão rotativa.

Os articuladores sugerem também a criação de uma diretoria executiva composta por representantes da sociedade organizada e representantes das prefeituras, sem direito a voto, e ainda a inclusão, no estatuto social, de cláusula que amplie as atividades do consórcio para atendimento a outras áreas sociais dos municípios.

A Secretaria Estadual das Cidades e do Desenvolvimento Urbano pretende aproveitar o projeto do Consórcio Intermunicipal de Gestão de Resíduos Sólidos para levar a experiência a todos os municípios como sugestão eficaz para resolver problemas relacionados à destinação do lixo doméstico. O secretário Ronaldo Dimas elogia a iniciativa e aposta nas parceiras para pôr fim aos lixões nas cidades, um grande desafio das gestões municipais.

Fonte: Assessoria de Imprensa Secretaria das Cidades