Conexão Tocantins Araguaína

Estado

02/05/2011 - Redação

Foto: Divulgação Edson Galo e sua esposa Elisa Edson Galo e sua esposa Elisa

Maior proximidade com o leitor, sede própria e ao menos três livros de acadêmicos lançadas ainda em 2011. São as três metas de trabalho de Edson Gallo, novo presidente da Acalanto (Academia de Letras de Araguaina e Norte Tocantinense), para a gestão que vai até 2013. Galo e os novos diretores tomaram posse, sábado, 30 de abril, em solenidade no auditório do Cestep, em Araguaina.

Segundo o presidente, é predominante entre os acadêmicos a ideia de que a Acalanto perdeu o vigor inicial. Para resgatar o seu nome, “precisamos de ações efetivas e realizações, unindo acadêmicos e integrando-nos com a comunidade. Em suma, maior proximidade com o leitor”.

Ele defende inclusive que a aproximação da nova academia com os que acreditam ser possível uma literatura tocantinense resulte em ações que ocupem praças e outros locais públicos com muita literatura, poesia e coragem.

A falta de sede própria é um grande entrave ao trabalho da agremiação, destaca Edson Gallo. A prefeitura municipal, na gestão anterior, doou um lote para a construção da sede, que passa agora a ser um dos principais objetivos da nova diretoria.

Diretoria

Presidente: Edson Gallo

Vice-presidente: José Francisco Concesso

Tesoureiro: Josué Luz

Primeiro-secretário: Claudemir Oliveira

Segundo-secretário: Orestes Branquinho

Relações públicas: jjLeandro

Fonte: Assessoria de Imprensa/Acalanto