Conexão Tocantins Araguaína

Campo

19/02/2011 - Redação

Foto: Divulgação

As adequações dos estabelecimentos comerciais avícolas às normas do Programa Nacional de Sanidade Avícola e o aprimoramento das ações desenvolvidas pelo setor foram alguns dos assuntos debatidos na I Reunião Ordinária do Comitê Estadual de Sanidade Avícola de 2011. O evento ocorreu na manhã desta sexta-feira, 18, no auditório do Cipama, em Araguaina, a 400 Km de Palmas.

O inspetor agropecuário da Adapec - Agência de Defesa Agropecuária, Franscico Ramos, destacou a importancia do plantel avícola tocantinense para a economia do Estado e abordou as competências da Agência e da iniciativa privada. “Apoiamos o desenvolvimento do setor da avicultura na área sanitária e precisamos que os produtores rurais se adequem ao PESA-Programa Estadual de Sanidade Avícola- visando o controle sanitário, prevenindo e erradicando as doenças”, destacou. Durante o encontro, foi discutido a normas e exigências previstas na legislação estadual e federal, e foi criado um TAC- Termo de Ajuste e Conduta para estabelecer os procedimentos de registro das granjas existentes. A reunião contou com a participação de representantes dos avicultores tocantinenses, entre eles a SFA- Superintendência Federal da Agricultura, UFT - Universidade Federal do Tocantins, as empresas Frango Norte, Asa Norte e Americana.

Função

A Adapec vem executando as ações de defesa sanitária das aves continuamente, atendendo as enfermidades de notificação em conformidade com o PNSA- Programa Nacional de Sanidade Avícola. O órgão é responsavel pela Vigilância epidemiológica e sanitária das principais doenças aviárias notificadas pela OIE- Organização Mundial de Saúde Animal, no estado do Tocantins. Além disso, fiscaliza sanitariamente as granjas e trânsito de aves; Padroniza as medidas de biosseguridade, entre outros.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Adapec