Conexão Tocantins Araguaína

Saúde

28/01/2011 - Redação

A Sesau – Secretaria de Estado da Saúde implantará, até o final de fevereiro, 19 unidades sentinelas para a vigilância de sorotipos virais da dengue. As unidades ficarão nos hospitais da rede estadual e reforçarão a vigilância etiológica da doença, facilitando as atividades de contenção da transmissão viral nos 139 municípios do Estado.

Para a implantação das unidades, o Governo do Estado investiu R$ 60 mil na compra de equipamentos. Técnicos da área da Dengue, da Sesau, iniciarão, na próxima semana, o treinamento dos funcionários dos hospitais para utilizarem o sistema.

Desde 2009, a Sesau identificou a circulação dos vírus DEN 1 e DEN 2 no Tocantins. O vírus DEN 1 foi identificado em Colinas do Tocantins, Palmas, Paraíso, Natividade, Lizarda, Pedro Afonso, Porto Nacional, Dueré, Monte do carmo e São Salvador. O vírus DEN 2 foi identificado em Palmas, Lizarda e São Salvador.

A recente confirmação do sorotipo viral DEN 4 nos estados de Roraima, Amazonas e Pará e os altos índices de infestação do mosquito transmissor da doença preocupam os técnicos da Sesau. “Precisamos monitorar o vírus, inclusive para diminuirmos a mortalidade causada pela doença”, afirma Whisllay Maciel Bastos, da área técnica da Dengue da Sesau.

Casos

A Sesau – Secretaria de Estado da Saúde registrou em 2010 a notificação de 17.041 casos suspeitos de dengue, 08 óbitos e 32 casos de dengue grave (FHD – Febre Hemorrágica de Dengue). Já em 2011, até o momento, foram registrados 182 casos suspeitos, destes 01 caso de dengue grave (FHD), em Araguaina, e nenhum óbito.

Municípios prioritários

O Ministério da Saúde considera apenas 10 municípios do Tocantins prioritários no combate à dengue. São eles: Araguaina, Araguatins, Colinas do Tocantins, Guaraí, Gurupi, Miracema do Tocantins, Palmas, Paraíso do Tocantins, Porto Nacional, Tocantinópolis. A Sesau, porém, identificou mais 15 municípios do Estado com prioridade no combate à doença. São eles: Alvorada, Ananás, Araguaçu, Augustinópolis, Axixá do Tocantins, Colméia, Dianópolis, Formoso do Araguaia, Miranorte, Natividade, Pedro Afonso, Peixe, Taguatinga, Wanderlândia e Xambioá.

Fonte: Assessoria de Imprensa Sesau