Conexão Tocantins Araguaína

Estado

13/12/2010 - Redação

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Araguaina iniciou, nesta segunda-feira, um trabalho de levantamento das áreas atingidas pela chuva que caiu no último domingo, dia 12, no município. Uma reunião foi realizada na manhã desta segunda-feira, 13, na prefeitura, para estabelecer medidas preventivas com o objetivo de diminuir os problemas ocasionados nesse período chuvoso na cidade.

O prefeito Valuar Barros (DEM), os secretários de Desenvolvimento Social e Habitação, Jota Patrocínio, de Obras, Walmir Ribeiro, de Planejamento, Mário Vitória, além do coordenador regional da Defesa Civil, capitão Luzinésio Rocha, da Defesa Civil Municipal, Francisco Rodrigues Nascimento, e os gerentes regionais da Celtins, Marcelo Camilo, e da Saneatins, Sandra Leal, estavam presentes na reunião.

Valuar Barros destacou que a prefeitura realizará as ações necessárias para recuperar os estragos causados pela chuva, ressaltando o trabalho de integração entre as secretarias. O secretário de Desenvolvimento Social e Habitação, Jota Patrocínio, informou que as três unidades dos Centros de Referência Social (CRAS) estarão com equipes nos setores para fazer um levantamento das famílias afetadas e que ficaram desalojadas.

O secretário de Obras, Walmir Ribeiro, ressaltou que a secretaria está fazendo um levantamento dos pontos onde houve estragos, tanto no asfalto como em estruturas de pontes e galerias pluviais, além de realizar uma limpeza nos locais atingidos pelo Córrego Neblina. O secretário de Planejamento, Mário Vitória, disse que a sua secretaria realizará um levantamento das casas que foram construídas em locais irregulares e com riscos de desabamento, para que sejam feitas medidas legais para a interdição delas.

De acordo com a Defesa Civil Municipal, uma casa desabou no Setor Raizal, três famílias ficaram desalojadas e parte do muro de uma escola, no Setor Itapuã, desabou. O Córrego Neblina, que corta a maior parte da cidade e passa em vários setores como Araguaina Sul, Raizal, Palmas, Itapuã e Centro, transbordou, afetando várias casas que ficam próximas às suas margens.

Fonte: Ascom Prefeitura de Araguaina