Conexão Tocantins Araguaína

Estado

09/11/2010 - Redação

Com o objetivo de resgatar a história cultural local, historiadoras do Programa de Levantamento, Monitoramento, Salvamento e Resgate do Patrimônio Histórico Cultural, Paisagístico e Arqueológico da Ferrovia Norte Sul, estão visitando o município de Cariri, através do Laboratório de Pesquisas da Fundação Universidade do Tocantins (Unitins) através da Ferrovia Norte Sul, dentro de um programa de recuperação e preservação do patrimônio histórico dos municípios que compreendem o eixo da Ferrovia em todo Estado do Tocantins.

Os trabalhos que segundo a historiadora Adriana Guimarães Amorim, tiveram início ainda em 2007 no município de Araguaina, na região Norte do Tocantins.

O município de Cariri, é o 15° visitado pelas historiadoras que buscam identificar toda história da cidade, com base em depoimentos da população pioneira, além de contar com ajuda e contribuição de professores.

Ainda de acordo com a historiadora os trabalhos no Tocantins devem ser concluídos até o final deste ano, quando as pesquisas se encerram no município de Talismã, município que faz limite da divisa com Estado de Goiás. A também historiadora, Andréia dos Santos Paixão, citou como funcionam os trabalhos.

“Primeiramente é realizada uma pesquisa de campo, com base em depoimentos da própria população. Muitos destes municípios não tem sua história oficial, então a gente conta com estes depoimentos, depois é realizado um relatório. Depois disso tudo retornamos ao município, em um trabalho em conjunto com os professores, onde a gente vem devolver a comunidade todo trabalho que foi extraído de suas histórias para que assim ela possa ter sua identidade cultural. O professor entra como multiplicador desta informação através de oficinas, documentários que realizamos tudo com base no material que conseguimos extrair durante os trabalhos de pesquisa”, pontuou.

A professora ressaltou ainda a importância da ação. “É um trabalho muito gratificante, onde através dele podemos ter contato com diversas culturas dentro de um mesmo Estado e isso é importante de mais, uma vez que são muitas pessoas boas e que por vezes dependem deste nosso trabalho para que possam ter uma identidade e isso é gratificante”, afirmou Adriana.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Cariri

Por: Redação

Tags: Araguaina, Cariri, Ferrovia Norte-Sul, Unitins