Conexão Tocantins Araguaína

Estado

14/10/2010 - Redação

A Defensoria Pública do Estado do Tocantins lançou edital de Concurso Público para preenchimento de 375 vagas, sendo 175 para os cargos de nível intermediário e 200 para os cargos de nível superior, para diversas regiões do Estado. Do total de vagas, 5% são reservadas às pessoas com deficiências.

O Concurso será organizado pela Universidade Federal do Tocantins – UFT. As remunerações variam de R$ 1.200,00 a R$ 3.300,00, para os cargos de nível médio e superior.

Estão sendo oferecidas vagas para Técnico em Informática, Oficial de Diligências da Defensoria Pública, Assistente de Defensoria Pública e Motorista. Para os cargos de nível superior os concorrentes deverão ser especializados em Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Ciências Jurídicas, Psicologia, Pedagogia, Jornalismo, Estatística, Serviço Social, Tecnologia da Informação, Arquivologia, Biblioteconomia e Direito, conforme as especificidades dos cargos.

As vagas estão divididas entre os 10 Núcleos Regionais da Defensoria Pública: Palmas, Porto Nacional, Paraíso do Tocantins, Gurupi, Dianópolis, Guaraí, Araguaína, Araguatins, Tocantinópolis e Brasília.

A inscrição será realizada, exclusivamente, via internet, no período compreendido entre as 10 horas do dia 15 de outubro de 2010 e 23h59min do dia 11 de novembro de 2010, observado o horário de Palmas-TO; sendo R$ 65,00 para nível intermediário e R$ 85,00 para nível superior. As informações foram divulgadas no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira, 13.

O processo seletivo será através de aplicação de provas objetivas (para todos os cargos) e de prova discursiva (para os cargos de nível superior), todas de caráter classificatório e eliminatório, elaboradas conforme o conteúdo programático constante no Edital. As provas estão marcadas para o dia 12 de dezembro de 2010, no período matutino para os cargos de nível superior, e no período vespertino para os cargos de nível intermediário. Locais e horários serão publicados a partir do dia 18 de novembro.

Segundo a defensora pública geral do Estado, Estellamaris Postal, este é um concurso de suma importância por ser o primeiro certame realizado para o preenchimento de vagas do quadro geral da própria Instituição. “Regionalizamos o concurso para facilitar a participação dos interessados com vagas para todas as regionais da Defensoria e, logo seja homologado, já iniciaremos o processo de posse dos aprovados, ainda em janeiro próximo”, ressaltou Estellamaris.

Fonte: Assessoria de Imprensa Defensoria Pública do Tocantins