Conexão Tocantins Araguaína

Campo

20/09/2010 - Redação

O número de animais, assim como a seleção das propriedades participantes do inquérito, foi definido pelo Mapa - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento que custeará as análises laboratoriais em todos os estados da Federação que são zona livre de febre aftosa com vacinação. “O Mapa determina que esse inquérito soroepidemiológico seja realizado para se certificar da eficácia da vacinação nos animais”, explica o presidente da Adapec, José Luciano Azevedo Carlos.

De acordo com o diretor de Defesa Animal da Adapec, José Emerson Cavalcante, dez coordenadores e inspetores veterinários da Agência trabalharão no inquérito. “Depois de coletado o material, ele será enviado para o Lanagro - Laboratório Nacional Agropecuário - de Minas Gerais, que avaliará o percentual da cobertura imunológica das vacinas aplicadas nos animais tocantinenses”, comenta.

O último inquérito soroepidemiológico foi realizado em 2003 e o resultado divulgado em 2007 pelo Mapa. O Tocantins teve mais de 90% de eficiência vacinal registrada nos animais analisados laboratorialmente naquela época.

Municípios participantes

Nova Olinda, Araguaína, Carmolândia, Xambioá, Piraquê, Augustinópolis, Axixá, Guaraí, Presidente Kennedy, Bandeirantes, Colméia, Arapoema, Cariri, Gurupi, Aliança, Araguaçu, Figueirópolis, Pium, Divinópolis, Cristalândia, Miracema, Miranorte, Silvanópolis, Ponte Alta do Tocantins, Lavandeira e Combinado.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Adapec