Conexão Tocantins Araguaína

Geral

09/07/2010 - Philipe Bastos

Foto: Divulgação

Em entrevista ao Conexão Tocantins na manhã desta sexta-feira, 9, o presidente do DEM de Araguaina, vereador Manoel Mudanças (DEM), informou que, mesmo sem comparecer em reunião peemedebista na noite de ontem no município, mantém apoio à candidatura do governador Carlos Gaguim (PMDB) ao Palácio Araguaia nas eleições deste ano. “Não estive (na reunião), mas estou com o governador Gaguim” informou.

Manoel destacou que, mesmo sendo um diretório municipal de partido aliado a Siqueira Campos (PSDB), o DEM de Araguaina está fechado na aliança a Gaguim. “Eu vejo no Gaguim a jovialidade e a determinação de um jovem trabalhador”, ressaltou.

Apoio a Gaguim e respeito a Siqueira

Mesmo sendo base declarada do governador, Manoel afirmou que não tem nada contra o ex-governador do Estado, e que ainda mantém respeito pelo político veterano, mas que é momento de dar oportunidade a novas ideias. “Siqueira já colaborou, criou o Estado, mas temos que dar oportunidade a outros”, completou.

Manoel Mudanças ressaltou ainda que está ciente de um provável ressentimento de seu partido pelo fato de apoiar Gaguim. No entanto, afirmou que, dentro do processo democrático, é normal fazer opções, mesmo que contrariem questões partidárias. “Estou ciente que meu partido está chateado, mas não sou um presidente de cabresto”, afirmou.

Apoio de Lula é preponderante

Outro ponto levantado pelo democrata foi a aproximação entre o governador e o presidente Lula. De acordo com Manoel, o Brasil tem passado por um forte processo de desenvolvimento desde que o presidente assumiu, em janeiro de 2003.

O vereador ressaltou ainda que a eleição da ministra Dilma Rousseff (PT) dará continuidade ao processo iniciado por Lula. “Eu não posso fazer de conta que não estou vendo isso”, completou.

Apoio a candidatos governistas

Finalizando a entrevista, o vereador de Araguaina destacou que não vai se candidatar a nenhum cargo eletivo nas eleições deste ano. Manoel afirmou, ainda, que, além do governador Gaguim e seus pares da majoritária, pretende apoiar a chapa governista também nas proporcionais. “Todos os meus candidatos são da coligação Força do Povo”, finalizou.