Conexão Tocantins Araguaína

Geral

17/05/2010 - Redação

Foto: Divulgação Quadrilha foi capturada pela Polícia Quadrilha foi capturada pela Polícia

O 2º Batalhão da Polícia Militar prendeu na manhã de domingo, 16, uma quadrilha envolvida com a clonagem de cartões bancários na cidade de Araguaina. Durante a ação três pessoas foram presas, Wagner Pires de Sousa Junior, 26 anos, Thiago Levy Barbosa Leão, 23 anos, e Lorena Barbosa Leão, 23 anos, enquadrados por tentativa de furto qualificado. Segundo os próprios envolvidos, existe um quarto integrante da quadrilha, que não estava no local no momento da prisão.

A prisão foi fruto do Serviço de Inteligência do 2º Batalhão que por volta das 10h30 da manhã de domingo, 16, durante patrulhamento, percebeu as atitudes suspeitas dos infratores na agência Bancária da Caixa Econômica Federal, localizada no centro da cidade. A equipe de inteligência acionou o Grupamento de radiopatrulha que realizou a abordagem aos suspeitos.

Os Policiais Militares constataram que os suspeitos tinham instalado equipamentos, vulgarmente chamados de “chupa-cabras”, em quatro terminais de auto-atendimento da Caixa Econômica Federal. Dentre outras fraudes, tais equipamentos são utilizados para clonar cartões bancários de clientes, e posteriormente serem utilizados na rede comercial.

Todos os envolvidos são da cidade de Goiânia-Go e estavam em Araguaína hospedados em um apartamento no Hotel Serra Negra, onde a Polícia Militar encontrou 20 cartões de diversos estabelecimentos bancários, 02 notebooks, 01 leitora de cartões com fonte de alimentação de energia acoplada, 01 pen drive, outras 03 fontes de alimentação de energia, a quantia de R$ 175,00 reais em dinheiro, 01 CD, 06 cabos de transferência de dados, 01 peça de entrada de leitor de cartões, 01 peça de entrada do leitor de caixa eletrônico, 01 agenda com anotações e outros objetos de uso pessoal.

Os criminosos confessaram a fraude e foram presos pela Polícia Militar, sendo conduzidos juntamente com todos os produtos apreendidos para a Delegacia da Polícia Federal, onde foram autuados por tentativa de furto qualificado em banco.

Fonte: Assessoria de Imprensa do 2º Batalhão