Conexão Tocantins Araguaína

Geral

14/04/2010 - Philipe Bastos

O deputado estadual Osires Damaso (DEM) ameaçou entrar com pedido de Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar possíveis irregularidades em empresa de produção de polpa de tomate no município de Araguaina, caso o deputado César Halum (PPS) insista na intenção de investigar a questão da terra no Estado. O democrata afirmou que a empresa foi criada a partir de um programa de incentivo do governo do Tocantins, e que existiriam irregularidades nesta criação.

Damaso destacou: “se Halum instalar a CPI da terra, eu entro com pedido de CPI do tomate”. De acordo com o oposicionista, esta iniciativa serviria para investigar o motivo pelo qual essa indústria não vingou, se existiram desvios de verba ou outra irregularidade.

O democrata ainda destacou que pretende esperar que Halum entre com seu pedido de CPI, pois a oposição é minoria na casa. “Se eu tivesse a maioria, eu entraria com diversas CPIs para investigar irregularidades no governo”, afirmou.

Questões Agrárias

Na sessão solene na manhã desta quarta-feira, 14, o deputado César Halum (PPS) confirmou sua vontade de instalar Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar as questões agrárias no Tocantins.

De acordo com o parlamentar, o pedido de criação da comissão para averiguar as acusações contra o Itertins, feitas pela senadora Kátia Abreu (DEM) na manhã da última segunda-feira está pronto. Contudo, o deputado ressaltou que uma CPI só se instala quando há documentação que comprove a necessidade de investigação das denúncias feitas. Cesar Halum completou informando que esses documentos ainda não foram apresentados.