Conexão Tocantins Araguaína

Geral

10/03/2010 - Redação

O “1º Encontro Tocantinense da Mulher Empreendedora” acontece nesta manhã de quarta-feira, 10 de março, no auditório da Faculdade Católica Dom Orione. Um dos objetivos do encontro é buscar novos conceitos, aprimorar conhecimentos, ampliar negócios, entre outros. Na ocasião terá um café da manhã e talk show com o tema: Desafios de iniciar um empreendimento e Papel da mulher como líder empresarial.

Além disso, terá a palestra “Uma visão ampla para Empreender”, com Ana Maria Moreira Monteiro, formada em psicologia com especialização em Marketing, pós-graduada em Administração de Empresa, MBA em gestão Empresarial Avançada e ‘CEO Executivo Internacional da Fundação Getúlio Vargas’. Ana Maria é presidente e fundadora da empresa Am3 e criadora dos serviços de telemarketing.

Na ocasião acontecerá também o lançamento do Prêmio Sebrae Mulher de Negócio ciclo 2010 com a presença do diretor-superintendente do Sebrae/TO, Paulo Massuia. Os interessados devem adquirir o ingresso no escritório do Sebrae/TO ou entrar em contato pelo telefone (63) 3414 6100.

Mulheres Empreendedoras

Segundo institutos de pesquisa nacionais e internacionais ligados ao empreendedorismo, as mulheres já começam a empreender mais. No Brasil, dados do GEM 2007 (Global Entrepreneurship Monitor), estudo do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e do IBQP (Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade), apontam que, pela primeira vez, 52,4% dos novos negócios (com até 42 meses de criação) estão sob controle de mãos femininas.

O resultado da pesquisa indica um grande salto da presença das mulheres na população empreendedora do país e caracteriza uma mudança histórica, já que os homens sempre lideraram o ranking. Em 2001, por exemplo, eles representavam 71% e, em 2006, houve uma queda para 56,2%. Já em 2007, de cada 100 brasileiras, aproximadamente 13 estavam envolvidas em atividades empresariais. Estes índices colocaram o Brasil na sétima posição do ranking mundial de empreendedoras, composto por 42 países, com 7,7 milhões de mulheres à frente de negócios.

Fonte: Assessoria de Imprensa Sebrae