Conexão Tocantins Araguaína

Campo

06/01/2010 - Redação

Foto: Divulgação

“Esses materiais vão fortalecer ainda mais o trabalho desenvolvido pela Adapec - Agência de Defesa Agropecuária - no diagnóstico de doenças emergenciais. São fundamentais para a colheita de material biológico”, explicou o presidente da Adapec, José Luciano Azevedo, na solenidade de recebimento de cinco kits de colheita e atendimento a doenças emergenciais entegues pelo Mapa – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O material foi repassado pelo chefe do Serviço de Defesa Agropecuária da SFA - Superintendência Federal da Agricultura, Luís Eduardo Rocha, na tarde desta terça-feira, dia 5, na sede da Adapec.

De acordo com Luís Eduardo, os kits estão sendo distribuídos em todo o país pelo Mapa e visam garantir estrutura às Agências para o atendimento de focos de doenças como febre aftosa, estomatite ou raiva dos herbívoros. “Esperamos que nunca seja necessário utilizar o kit no atendimento de febre aftosa ou estomatite, por exemplo, mas precisamos estar preparados e equipados para isso”, disse.

Os materiais serão encaminhados para as delegacias regionais da Adapec de Gurupi, Taguatinga, Pedro Afonso, Araguaina e Palmas e utilizados em qualquer cidade do estado, assim que necessário. Cada kit contém 92 itens, que vão desde seringas, pinças, aplicadores de brincos, bisturis, entre outros.

Ações

A Adapec está presente nos 139 municípios do Tocantins trabalhando em função da manutenção da sanidade e inspeção animal e vegetal. As ações abragem a vigilância, fiscalização, inspeção, normatização e educação sanitária. O Estado está há mais de 12 anos sem foco de febre aftosa. Além disso, doenças como a brucelose, a tuberculose e a raiva dos herbívoros estão sob controle.

 

Fonte: Ascom Adapec