Conexão Tocantins Araguaína

Geral

08/12/2009 - Gilson Cavalcante

A Assembleia Legislativa aprovou na sessão desta terça-feira, 8, requerimento, em caráter de urgência, de autoria do deputado César Halum (PPS) solicitando do Executivo, via Secretaria de Segurança Pública e Polícia Militar, instituição de uma força-tarefa para combater o crime no município de Araguaina.

Halum argumenta que, nos últimos dias a população daquela cidade vem vivendo em estado de alerta. Conforme divulgado pela imprensa nacional, o presídio de Araguaina, no último fim de semana, foi palco de uma rebelião deixando uma pessoa morta e várias feridas. “Esse fato contribui para aumentar a insegurança da população e, enquanto o índice da criminalidade aumenta, o efetivo dos policias permanecem estáveis, impossibilitando no atendimento a população e colocando em risco a segurança pública local”, pontuou o parlamentar socialista.

Na avaliação de Halum o número de lojas e residências arrombadas e homicídios têm crescido drasticamente. Ele constata que as autoridades policiais não sabem mais o que fazer para garantir a segurança e cumprir com os seus deveres, e junto com toda a população, clamam por providências.

“Diante dessa situação é evidente que a segurança em Araguaína está à beira da calamidade pública”, reconhece o deputado ao afirmar que índice da criminalidade no município é preocupante, “sendo necessário que medidas sejam tomadas rapidamente”. Diante desse quadro, Halum espera que Governador do Estado, o Secretário da Segurança Pública e o Comandante da Polícia Militar elaborem e definam, com urgência, um plano de combate à criminalidade no município.