Conexão Tocantins Araguaína

Polí­tica

13/08/2009 - jjLeandro

O movimento suprapartidário Diretas Já, que defende o voto popular para a escolha do substituto do governador cassado Marcelo Miranda (PMDB), foi lançado na noite de ontem, quarta-feira, 12, em Araguaina por políticos, líderes classistas e de associações de bairros no plenário da Câmara Municipal. Eventos semelhantes já ocorreram em Palmas e Dianópolis, devendo se estender aos demais municípios tocantinenses.

O propósito dos organizadores do Diretas Já, que conta com o apoio da União do Tocantins (UT), é disseminá-lo por todo o Estado e colher até o final da próxima semana milhares de assinaturas em um abaixo-assinado para ser entregue por uma comissão no Superior Tribunal Eleitoral (TSE), em Brasília.

Segundo o ex-prefeito de Babaçulândia, Agimiro Costa (PSDB), um dos organizadores do movimento na região de Araguaina, o abaixo-assinado visa sensibilizar os ministros do TSE a reverter a decisão de eleições indiretas no Tocantins para o mandato-tampão do governador que sucederá Marcelo Miranda, cassado por fraude nas eleições de 2006.

Políticos de Araguaina, Babaçulândia, Aragominas e Colinas do Tocantins se comprometeram a criar comitês em suas cidades com a finalidade de agilizar a coleta de assinaturas. “Cada casa tem que ser transformada em uma trincheira dessa luta democrática”, defendeu Alcides Filho (PR), prefeito de Babaçulândia. Os organizadores também buscam contribuições em material e dinheiro para alavancar o movimento. “Tudo que precisamos é muita ação para demonstrar aos ministros do TSE que não queremos eleições indiretas, pois o poder maior é a expressão de nossa vontade; e nós queremos eleições diretas”, declarou a ex-prefeita de Araguaina, Valderez Castelo Branco Martins (PR).

Também participaram do evento o prefeito de Aragominas, Antônio Mota (PP), o presidente da Câmara de Vereadores de Colinas Ricardo Parente (PP), a ex-prefeita de Colinas Maria Helena de Fávari(PP), o vereador de Araguaina Alcivan Rodrigues (PP) e o juiz de Direito João Rigo.

(jjLeandro)