Conexão Tocantins Araguaína

Esporte

08/02/2009 - Redação

Foto: Marcio Vieira

Milhares de araguainenses receberam o Estádio Leôncio de Souza Miranda, o Mirandão, entregue pelo governador Marcelo Miranda, no final da tarde deste sábado, 07, em Araguaína. "Nós vamos mostrar para o Tocantins e para todo o Brasil que nós somos capazes e estamos preparados para receber grandes times, como nós estamos recebendo hoje o Goiás Esporte Clube", disse o governador, agradecendo a presença do presidente do time, diretores e jogadores durante a inauguração.

Logo após o descerramento da placa de inauguração, houve entrega de placas de homenagem ao governador, ao prefeito de Araguaína, Valuar Barros, e para três operários que trabalharam nas obras do Estádio. Em seguida, o gramado recebeu o time do governo do Estado e dos veteranos de Araguaína para um amistoso. Foi o procurador de justiça José Demóstenes de Abreu quem fez o primeiro gol no Estádio e falou da satisfação em participar da partida. "Estou feliz por estar participando desse momento histórico para o Estado, porque o Estádio é muito importante para os desportistas e para o povo de Araguaína".

Na seqüência, a seleção de Araguaína, o Tourão do Norte, enfrentou o Goiás Esporte Clube e nem mesmo o placar de 2x1 para a equipe do Goiás ao final da partida tirou o brilho da festa no Estádio, que finalizou com uma grande queima de fogos. Na ocasião, o secretário estadual de Esporte, Palmeri Bezerra, falou da sensação de dever cumprido ao entregar o Estádio para a população. "Nós estamos contribuindo para o esporte, auxiliando o governador Marcelo Miranda e trabalhando em prol do esporte no Estado", disse.

O funcionário dos Correios de Araguaína Raimundo Nonato foi um dos torcedores que prestigiaram a inauguração. Ele disse que aprovou o novo Estádio. "É uma estrutura muito grande, e Araguaína estava precisando disso aqui, que vem realmente suprir a necessidade da cidade".

O Estádio recebeu o nome de José Leôncio Miranda como uma homenagem dos parlamentares aos serviços prestados pelo avô do governador ao Tocantins, quando o Estado ainda fazia parte do Norte de Goiás. A solenidade contou com a presença do vice-governador Paulo Sidnei, do presidente da Assembleia Legislativa, Carlos Henrique Gaguim, do prefeito de Araguaína, Valuar Barros, entre outras autoridades. A solenidade terminou com um show com a Banda Companhia do Calypso, no estacionamento do Mirandão.

Estádio

Foram investidos na obra cerca de R$ 22 milhões, com uma duração de mais de dois anos para sua conclusão (outubro de 2006 a fevereiro de 2008).

Construído dentro das normas da CBF - Confederação Brasileira de Futebol, o Mirandão conta com 20.868,22 mil metros quadrados de área construída e capacidade para até dez mil torcedores, campo de futebol gramado com sistema de irrigação automática, drenagem, estacionamento com duas mil vagas, acessos com rampas adequadas à acessibilidade, áreas privativas para ambulância, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar.

O Estádio conta ainda com bilheterias, vestiários completos para times e árbitros, área de alimentação e sanitários para o público em geral, ala privativa com tribunas de honra, cabines de rádio e TV interligadas diretamente com o campo e placar eletrônico, o primeiro em um campo de futebol tocantinense.

Perfil - Leôncio de Souza Miranda

Importante liderança política do Norte de Goiás, Leôncio de Souza Miranda foi casado com Anaídes Brito Miranda, com quem teve os filhos: José Edmar Brito Miranda, Juraci Brito Miranda (in memorian), Maria Amélia Miranda, Anadir Brito Miranda, Glória Brito Miranda e Maria Helena Brito Miranda. Leôncio Miranda foi criador do povoado de Trindade (hoje município de Tupirama) nos idos de 1937. Leôncio também foi prefeito da cidade e vivenciou todas as etapas de seu desenvolvimento, bem como de todo o Norte goiano, hoje Estado do Tocantins.

Fonte: Secom