Conexão Tocantins Araguaína

Estado

27/12/2008 - Redação

A Polícia Militar usou até um helicóptero para monitorar o grupo. As prisões ocorreram em uma chácara na cidade de Senador Canedo em Goiás.

A Polícia Militar usou até um helicóptero para monitorar o grupo. As prisões ocorreram em uma chácara na cidade de Senador Canedo em Goiás. Entres os presos está o dono da casa, José Maria Andrade, assessor de um vereador do município e o funcionário da prefeitura, Alvino Uzeda.

A polícia também prendeu no local, Vanildo Catarino Cebalho, vereador em Porto Esperidião, Mato Grosso. Jailton Silva e Antônio Carlos Gomes de Araújo, que também são de Mato Grosso.

Vagner Ribeiro Silva também foi preso em flagrante. Ele teria vindo do Tocantins para Goiás, para buscar a droga. Com o grupo foram encontrados cinco quilos de pasta base de cocaína, uma balança e R$ 1.700 em dinheiro.

Também foram apreendidos três carros. Um deles, segundo a polícia, pertence a um vereador de Senador Canedo.

A droga saiu de Cuiabá e seria vendida em Araguaína, Tocantins. Segundo a polícia, a casa em Senador Canedo funcionava como um ponto de encontro dos traficantes.

A Polícia Civil tenta agora localizar outras pessoas que estariam envolvidas com o grupo. “Pelo menos uma ainda é possível que seja presa. A gente tem suspeita da participação de outras pessoas aqui da cidade de Senador Canedo”, disse o delegado da Polícia Civil de Goiás, Juliano.

Fonte: ExpressoMT/TVCA